Eleonora de Lucena (que está na mesa “Imprensa: a hora da autocrítica?”), em evento do 3 de maio, Dia Mundial de Liberdade de Imprensa: “A gente tem de pensar em que medida a ascensão da extrema direita no Brasil está relacionada ao comportamento da imprensa, ao comportamento dos jornalistas que, talvez, não tenham exercido o seu papel da maneira que a sociedade espera, de uma maneira questionadora, uma maneira crítica”.

Categories

About the Author

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *